Notícias

Questionário da ANS determina índice de reajuste para seu laboratório

DICQ Quest 002

A RN 364/2014 dispõe sobre a definição de índice de reajuste pela Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS, a ser aplicado em situações específicas pelas operadoras de planos de assistência à saúde a seus prestadores de serviços. É necessário que todo laboratório conheça os critérios do Fator de Qualidade (ano-base de 2017), pois a partir do FQ será aplicado o índice de reajuste escolhido pela ANS.

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA, aplicável aos contratos entre os prestadores de serviços e as operadoras de planos de saúde, pode definir o valor final do reajuste para as clínicas SADT nas seguintes situações:

1. Quando há previsão de livre negociação entre as partes como única forma de reajuste (não havendo qualquer outra forma de reajuste estabelecida no contrato, como alternativa à livre negociação);

2. Quando não há acordo após a negociação nos primeiros noventa dias do ano.

O Fator de Qualidade poderá ser de 105%, 100% ou 85% do IPCA, dependendo do cumprimento dos requisitos de qualidade previstos em Nota Técnica atualizada anualmente. Seus critérios foram amplamente debatidos em reuniões do Comitê Técnico de Avaliação da Qualidade Setorial (COTAQ) e na Câmara de Saúde Suplementar (CAMSS), estando disponíveis no portal da ANS, AQUI .

Apenas após o preenchimento do questionário da entidade será possível estabelecer o índice de reajuste. A divulgação dos prestadores elegíveis ao FQ de 105% e 100% do IPCA será possível apenas para os laboratórios que responderem devidamente ao questionário, dentro do prazo proposto.

O formulário ficará disponível no período de 08 de janeiro de 2018 a 09 de março de 2018 no site da ANS.

Acesse aqui.

Voltar