Notícias

CFF publica edital do Prêmio Jayme Torres de Farmácia 2018

premio

A partir do dia 10 de setembro, a Comissão de Divulgação e Publicidade do Conselho Federal de Farmácia começa a receber os artigos para concorrerem ao Prêmio Jayme Torres de Farmácia 2018. Este ano, o tema será “O impacto da incorporação de tecnologias ou procedimentos nas análises clínicas e toxicológicas visando à segurança do paciente”.

A novidade, nesta edição, é que o trabalho inscrito deverá ser composto pelo artigo em texto e por um vídeo de apresentação, com até 3 minutos de duração, gravado pelo autor principal. De acordo com o presidente da Comissão Avaliadora do prêmio e assessor da Presidência do CFF, Professor Tarcísio Palhano, esse material permite que o autor faça uma breve exposição a respeito do seu trabalho com o objetivo de nortear a própria comissão quanto ao conteúdo a ser avaliado.

Com relação ao tema escolhido para este ano, Tarcísio Palhano explica que se trata do resgate de uma temática não contemplada nas edições dos últimos dez anos. “A ideia é, também, destacar a relevância de novas tecnologias e procedimentos nesta área que possibilitam a realização de análises clínicas e toxicológicas cada vez mais específicaS, a emissão de laudos técnicos ainda mais precisos e a utilização dessas informações pelo farmacêutico no contexto do acompanhamento de pacientes submetidos a terapias medicamentosas tornando-as cada vez mais efetivas e seguras.”

O prêmio é dividido em duas categorias: profissional e estudante de Farmácia. Para concorrer na categoria profissional, o farmacêutico deve estar regularmente inscrito no respectivo Conselho Regional de Farmácia (CRF). O melhor trabalho será contemplado com premiação de R$ 6 mil. O segundo lugar receberá R$ 4 mil. Ambos também receberão certificado e troféu, em evento a ser realizado em Brasília. Os estudantes dos cursos de graduação em Farmácia, precisam estar comprovadamente matriculados em Instituição de Ensino Superior (IES), reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). E concorrem a um prêmio no valor de R$ 4 mil pelo melhor trabalho, com direito a um certificado. Os trabalhos poderão ser individuais ou em grupo.

A premiação, criada em 2002, visa a identificar, reconhecer, difundir e estimular ações de farmacêuticos e de estudantes de Farmácia, que tenham por objetivo ampliar a visão sobre as diversas áreas de atuação do farmacêutico. Consulte o edital para ter conhecimento de todas as regras de participação no prêmio. As inscrições serão encerradas no dia a 14 de novembro de 2018.

Fonte: Comunicação do CFF

Voltar