Notícias

DICQ e Acreditação Laboratórios

post DICQ Sindlab_

O Dr. André Valpassos Guimarães, Coordenador do DICQ, concedeu entrevista ao SindLab – Sindicato dos Laboratórios de Minas Gerais, sobre o DICQ e Acreditação dos Laboratórios.

 

SindLab: Por que, como e quando o DICQ começou as suas atividades de acreditação?

André: Em 1997, preocupada com a qualidade dos Laboratórios Clínicos em todo o Brasil, a Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC) criou o seu Departamento de Inspeção e Credenciamento da Qualidade, com o objetivo de desenvolver, implantar e operacionalizar a Acreditação de Laboratórios Clínicos e Organizações Prestadoras de Serviços de Saúde (OPSS), dentro de normas nacionais e internacionais de qualidade, expedindo o Certificado de Acreditação para aqueles que cumprirem as exigências da qualidade estabelecidas nessas normas.

Como uma evolução natural dada no próprio mercado, o que era um departamento expandiu suas fronteiras e formou o Sistema Nacional de Acreditação, entidade integrada à SBAC sob a forma de patrocínio, mantendo a sigla DICQ como respeito a própria credibilidade alcançada na sua área de atuação.

 

SindLab: Quantas versões dos requisitos da norma de acreditação já foram implementadas desde a primeira?

André: Após a primeira versão houve cinco atualizações. Hoje o Sistema Nacional de Acreditação – DICQ está em sua sexta versão. O Manual para a Acreditação do Sistema de Gestão da Qualidade de Laboratórios Clínicos se encaminha para o lançamento da sétima revisão do Manual.

 

SindLab: Como são feitas essas atualizações dos requisitos da sua norma?

André: As revisões são realizadas periodicamente e embasadas em normas nacionais e internacionais, visando ao cumprimento da legislação vigente e à busca pela qualidade nas atividades laboratoriais.

 

SindLab: Quais são as vantagens para o Laboratório alcançar e manter a Acreditação do seu Sistema de Gestão da Qualidade?

André: Quando uma empresa, um serviço ou um Laboratório passam a monitorar, registrar e controlar internamente suas atividades já é um grande passo para manter um Sistema de Gestão da Qualidade bem estruturado. A Acreditação de um Laboratório mostra à sociedade que aquele serviço está condizente com normas e controles de qualidade, garantem ao paciente/cliente segurança além de mostrar a preocupação do Laboratório pela qualidade no serviço prestado.

 

SindLab: O DICQ implementará os requisitos da norma mundial ISO 15.189:15 – Qualidade e Competência? Quando pretende começar?

André: Sim, a sétima versão do Manual para a Acreditação do Sistema de Gestão da Qualidade de Laboratórios Clínicos já está em fase de revisão e contempla a nova versão da norma ISO 15.189:2015.

 

SindLab: Quantos são os Laboratórios que possuem o SGQ acreditado pelo DICQ?

André: Hoje o Sistema Nacional de Acreditação – DICQ possui mais de 260 Laboratórios acreditados em todo o território nacional, e mantém um crescimento constante.

 

SindLab: O laboratórios que possuem o SGQ acreditados pelo DICQ receberam diferenciadamente nos contratos com as operadoras de convênio? Quanto a mais?

André: Certamente há uma diferenciação ou até pré-requisitos para que um laboratório possa fazer arte da rede de laboratórios credenciados às operadoras de convênios caso sejam acreditados.

Os valores recebidos fazem parte de uma negociação entre as empresas e o DICQ não possui gerenciar sobre resultados financeiros dos laboratórios.

 

SindLab: Quais são as vantagens para os pacientes de fazerem exames em um Laboratório com acreditação do SGQ?

André: A certeza de que todos os processos estão sendo monitorados, que os exames realizados possuem controles de qualidade internos e externos, de que há uma política de satisfação do cliente, medição de indicadores. Enfim, é a certeza que o exame laboratorial está sendo executado por profissionais capacitados e treinados, garantindo a confiabilidade e a segurança nos laudos liberados.

Voltar